A Mulher Sábia quinta-feira, jun 11 2009 

moz-screenshot

Havia um descendente de Calebe, chamado Nabal, da cidade de Maom, que ganhava a vida na cidade de Carmelo. Ele era muito rico. Tinha três mil ovelhas e mil cabras. A sua mulher se chamava Abigail. Ela era bonita e inteligente, mas ele era mau e grosseiro – 1 Sm 25.2,3

Falei sobre Abigail na reflexão Dia de Fúria. Ali falei mais sobre a reação negativa de Davi diante da ingratidão do marido de Abigail. Agora quero chamar mais a atenção para a sabedoria de Abigail. Ela era esposa de Nabal, um homem cujo nome que dizer tolo. Não acho que nossa vida está determinada pelo nosso nome. Mas, acredito que neste caso, o nome tinha muito a ver com a pessoa, Nabal era um tolo. Só um tolo age como ele agiu em relação a Davi. Ele sabia muito bem que Davi era o homem conhecido por sua valentia e por ter matado até mesmo um gigante, mesmo assim, Nabal ofendeu a Davi e seus homens, que eram guerreiros também. Não, Nabal não era corajoso, ele era tolo mesmo. O corajoso sabe a quem enfrentar e a quem não enfrentar. O corajoso que enfrenta quem não pode é na verdade um tolo.

(mais…)

Cresça sexta-feira, maio 29 2009 

image

O menino cresceu e foi desmamado. E, no dia em que o menino foi desmamado, Abraão deu uma grande festa – Gn 21.8

Abraão deu uma festa quando seu filho Isaque foi desmamado, mostrando sua alegria por ver seu filho avançando uma etapa rumo à maturidade. Quando leio este texto costumo ver aqui a alegria de Deus conosco quando crescemos mais um pouquinho, diante de cada progresso nosso. A infância é algo bonito, desde que seja vivida somente em seu devido tempo. Ou seja, só é bom ser criança no tempo de ser criança. Quando esse tempo passa, se não deixarmos de ser criança, é sinal de que alguma coisa não está normal em nossa vida, quando Jesus disse que devemos ser como crianças para entrarmos no reino de Deus, ele estava falando de alguns aspectos da criança que nunca devemos perder, ou seja, nossa dependência de Deus, nossa pureza, nossa humildade. Mas no que diz respeito às demais coisas, Deus espera que cresçamos.

(mais…)

O valor da simpatia quarta-feira, maio 27 2009 

image

Gosto da forma como a Nova Tradução na Linguagem de Hoje traduz o termo “achar graça”. Ela traduz este termo por “alcançar a simpatia”. Há duas pessoas no Antigo testamento de quem é dito que alcançaram a simpatia dos outros, José e Ester, e ambos têm muitas coisas em comum em suas histórias.

(mais…)

Livre-se das correntes domingo, maio 24 2009 

image

Existe algo que pode tornar a vida infrutífera. Estou falando do ressentimento. Todos nós passamos pela triste experiência de sermos feridos por alguém no decorrer de nossas vidas. E tem gente que capricha! Tem gente que abusa de nossa nobreza! Quando isso acontecesse, podemos escolher entre perdoar ou guardar mágoa. Se escolhermos guardar mágoa, iremos colher os resultados de uma vida sem paz e sem alegria. Infelizmente esta tem sido a escolha de muitos. O ressentimento deixa feridas no coração e faz com que vivamos e tratemos as outras pessoas de acordo com essas feridas. Existem pessoas de temperamento difícil, que tem dificuldade em seus relacionamentos por causa de um coração marcado pelo ressentimento.

(mais…)

Dia de Fúria – Todo mingau tem seu dia de angú quarta-feira, maio 13 2009 

Davi tinha pensado assim: “De que me adiantou proteger a propriedade desse homem aqui no deserto? Nós não roubamos nada que era dele, e é assim que ele me paga a ajuda que lhe dei? – 1 Sm 25.21

Davi e seus homens haviam protegido os rebanhos de um homem rico chamado Nabal que morava em Carmelo e, sabendo que ele e sua casa estavam em festa devido à tosquia das ovelhas, enviou dez de seus moços para pedir-lhe mantimento para si e seus homens. Davi acreditava que Nabal iria ser grato e recompensá-lo com mantimento. Porém, Nabal negou o pedido de Davi dizendo que não o conhecia e ainda insinuou que ele era um escravo fugitivo e que, portanto não iria dar-lhe nada. Sabemos que ajudar pessoas esperando retribuição é algo que constantemente nos trará tristeza. O Senhor Jesus nos ensinou a darmos esmola esperando somente a recompensa do Pai celestial (Mt 6.3,4); esta é a melhor forma de evitarmos a decepção.

Quando enfrentou a ingratidão de Saul, Davi reagiu muito bem, mas, e agora? Vejamos.

(mais…)

Não fique no vermelho terça-feira, maio 12 2009 

Todo o povo de Israel soube dessa decisão do rei Salomão, e aí todos sentiram um grande respeito por ele, pois viram que Deus lhe tinha dado sabedoria para julgar com justiça – 1 Reis 3.28

Gosto da forma como termina o primeiro julgamento de Salomão como rei. Todo o povo de Israel o respeitou. Mas, será que este respeito veio a ele por causa da posição que ocupava? Acho que não. Uma posição em si mesma pode inspirar medo, mas não respeito. O texto diz que este respeito veio como resposta à atitude sábia de Salomão diante de um julgamento difícil.

(mais…)

Pau que nasce torto sexta-feira, maio 8 2009 

E tem mais: eu garanti ao meu pai que seria responsável pelo rapaz. Eu disse assim: “Se eu não lhe trouxer o rapaz de volta, serei culpado diante do senhor pelo resto da minha vida.” Por isso agora eu peço ao senhor que me deixe ficar aqui como seu escravo em lugar do rapaz. E permita que ele volte com os seus irmãos. Como posso voltar para casa se o rapaz não for comigo? Eu não quero ver essa desgraça cair sobre o meu pai – Gn 44.32-34

Acho interessante a forma como José tratou seus irmãos ao reencontrá-los no Egito após passar por “poucas e boas” e por fim se tornar governador. Há quem acredite que José estava se vingando de tudo o que eles haviam feito. Eu não penso assim. Acredito que José submeteu-os a uma série de testes para saber se algo havia mudado no caráter daqueles homens.

(mais…)

Lágrimas de crocodilo segunda-feira, abr 27 2009 

Venham, vamos voltar ao Senhor; foi Ele quem nos feriu – e vai nos curar. Ele nos machucou – Ele que nos sare. Em dois ou três dias, no máximo, Ele nos deixará prontos para andar novamente, para vivermos no seu amor! Ah, precisamos muito conhecer o Senhor! Vamos nos esforçar para isto e Ele nos responderá! É tão certo quanto a manhã que vem depois da noite ou a chuva que chega com a primavera.

– Ah, Efraim e Judá! O que será que vou fazer com vocês? O seu amor se desmancha como a neblina da manhã e some depressa como o orvalho – Oséias 6.1-4

Arrependimento significa sentir dor por seus pecados e mudar os pensamentos, tomar um novo rumo. Sem arrependimento não há perdão para os nossos pecados e não há mudança de vida. Através dele, Deus nos leva a uma comunhão verdadeira com Ele. Quando há arrependimento verdadeiro, há mudança em nosso comportamento. Essa mudança é chamada de frutos do arrependimento.

Mas existe uma imitação do arrependimento verdadeiro. Algo que parece ser arrependimento, mas não é.

(mais…)

Liderança e abuso de autoridade domingo, abr 5 2009 

E Moisés e Arão reuniram a congregação diante da rocha, e Moisés disse-lhes: Ouvi agora, rebeldes: porventura, tiraremos água desta rocha para vós? – Nm 20.10

Vemos em Moisés um exemplo de líder em cuja vida estão lições tão preciosas que é difícil falar de liderança e consagração sem falar em Moisés. Uma das coisas que nos chama a atenção é o cuidado de Deus com Moisés. Moisés teve que enfrentar algumas rebeliões por parte do povo durante suas caminhadas pelo deserto, e sempre vemos Deus defendendo-o e mostrando ao povo que Moisés era seu líder, não porque ele se auto-intitulou assim, mas porque Deus o havia escolhido. Por várias vezes, Deus demonstrou que mexer com Moisés era mexer com Deus. Não que Moisés fosse Deus, mas Deus o amava e o defendia. Mas, a duras penas, Moises teve que aprender algo sobre uma coisa chamada “abuso de autoridade”. O Deus que não tolera rebeliões, também não tolera abuso de autoridade. Mas, o que vem a ser isso? Vejamos.

(mais…)

Mefibosete domingo, mar 29 2009 

Quando Saul e Jônatas foram mortos em Jezreel, Mefibosete, filho de Jônatas, tinha cinco anos de idade. Ao chegar a notícia da morte de Saul e de Jônatas, a mulher que cuidava de Mefibosete o pegou e fugiu. Mas estava com tanta pressa, que o deixou cair, e ele ficou manco. – 2 Sm 4.4

Mefibosete era só uma criança quando a notícia da morte de seu avô e de seu pai chegou à sua casa. Israel havia perdido uma batalha para os filisteus e seu rei foi morto. Mefibosete tinha uma babá que deveria cuidar dele que, ao ouvir a notícia se preparou para fugir, pois sabia muito bem o que era feito com a família do rei que havia perdido a batalha. Na pressa para fugir, ela deixou o pequeno Mefibosete cair e ele ficou deficiente das pernas para o resto da vida. Ao ler este texto, algumas lições podemos aprender.

(mais…)

Próxima Página »