image

Aí parou, sentou-se na sombra de uma árvore e teve vontade de morrer. Então orou assim: Já chega, ó SENHOR Deus! Acaba agora com a minha vida! Eu sou um fracasso, como foram os meus antepassados. Elias se deitou debaixo da árvore e caiu no sono. De repente, um anjo tocou nele e disse: —Levante-se e coma – 1 Re 19.4,5

Após ver a resposta de Deus e presenciar um espetáculo que deveria avivar sua fé, ele deu de cara com a dura realidade de que existem pessoas que não se comovem com qualquer que seja manifestação de Deus. Ele esperava que seus governantes se voltassem para Deus, mas isso não aconteceu. Daí, ele se frustrou. Além disso, ele foi ameaçado de morte e ficou com medo. Ele estava vendo que, podemos ser pessoas que, através da oração, fazem até mesmo cair fogo do céu, que isso não impedirá que venham as decepções da vida.

Ele deitou à sombra de uma árvore e dormiu. Ali ele desejou que nunca mais acordasse. Ele desejou a morte. Não, ele não era um anjo e nem uma criatura sobre humana. Ele era sujeito aos mesmos sentimentos que nós. Sim, ele desejou a morte e, logo em seguida caiu no sono. Era sua alma quem estava dormindo. Não era um sono restaurador. Era um sono perturbado e opressor. Um sono no qual muitos têm caído e, por causa dele, saído do combate.

Mas, dali a pouco alguém lhe tocou e veio lhe despertar. É meio desagradável ser acordado. Na maioria das vezes ficamos até irritados quando somos acordados. Mas Deus manda anjos, mensageiros, com este propósito. Deus manda pessoas para tirar-nos de nosso sono. E como não gostamos disso! Esse acordar pode vir na forma de uma bronca, de um puxão de orelha, de uma advertência. É um verdadeiro tapa na cara. Mas, é necessário, pois, a caminhada é longa e não podemos ficar parados. O mensageiro não somente acorda. Ele também trás pão e água para nos sustentar. Ele trás o pão da palavra e a água da unção.

O anjo do Senhor toca em nós e nos diz: “acorda, reage, levanta-te. A caminha é longa”. Há muito que fazer e o tempo passa rápido. Se as coisas não saíram do jeito que esperávamos, não vamos deixar que isso nos impeça de tentar de novo e de prosseguir.

Que esta palavra seja o pão e a água para te dar força para voltar a caminhar.

Anúncios