Esdras ou Neemias? quinta-feira, fev 19 2009 

chorando nervoso_brigando_com_filho

Quando ouvi isso, rasguei as minhas roupas em sinal de tristeza, arranquei os meus cabelos e a barba e me sentei, muito desgostoso. – Ed 9.3

Eu repreendi aqueles homens e os amaldiçoei; bati neles e arranquei os seus cabelos. E exigi em nome de Deus que fizessem a promessa de que nunca mais nem eles nem os seus filhos casariam com estrangeiras. – Ne 13.25

É interessante notar a diversidade do tratamento de Deus para corrigir certas situações. Após voltar dos setenta anos de cativeiro, o povo de Israel havia se misturado com os costumes dos povos no meio de quem eles haviam passado aquele tempo todo. Eles estavam em perigo de perderem sua identidade. Para ajudá-los, Deus levantou dois homens para edificar duas coisas que lhes lembraria de sua peculiaridade no meio das nações. Esdras foi levantado por Deus para ajudá-los a reconstruir o templo e Neemias para reconstruir as muralhas. Reconstruir o templo fala da restauração da comunhão com Deus. Reconstruir as muralhas fala da restauração do pensamento, dos princípios e da santificação.

(mais…)

Anúncios

A bênção do esquecimento quarta-feira, fev 18 2009 

The_Lighthouse__by_DesigningDivas

Irmãos, quanto a mim, não julgo havê-lo alcançado; mas uma coisa faço: esquecendo-me das coisas que para trás ficam e avançando para as que diante de mim estão – Fl 3.13

Aqui Paulo dá o segredo de avançar: esquecer das coisas que ficam para trás. Ninguém pode crescer e avançar se não receber a bênção do esquecimento. É claro que há coisas da quais Deus não quer que esqueçamos. Mas existem outras que sim, Ele quer que fiquem para trás. Há coisas que são verdadeiras âncoras, que seguram o barco de nossas vidas e impedem que vamos para frente.

(mais…)

O que acontece com a fé? terça-feira, fev 17 2009 

Curai os enfermos, limpai os leprosos, ressuscitai os mortos, expulsai os demônios; de graça recebestes, de graça dai. – Mt 10.8

Jesus disse que sinais iriam acompanhar aqueles que crêem (Mc 16.17). E Ele disse alguns dos sinais que acompanhariam aqueles que crêem: expulsão de demônios, cura dos enfermos, o ressuscitar os mortos. Milagres são para os nossos dias sim! Mas, muitas vezes, o que vemos é que, quando um trabalho se inicia em locais onde o evangelho nunca foi pregado antes, a ocorrência de milagres é muito maior do que onde já se encontram cristãos de longa data. Por que acontece assim?

Quando o vinho se acaba terça-feira, fev 17 2009 

vinho_grande

João 2.1-11

Jesus foi convidado a uma festa de casamento e atendeu ao convite. Uma festa representa a vida humana, ou o que o homem gostaria que sua vida fosse. Todos desejamos que nossa vida seja uma festa, cheia de alegria e movimento. Porém, num determinado ponto da festa o vinho acabou. O vinho era a alegria da festa. Naquela época, uma festa seria tida como boa ou má de acordo com a quantidade e com a qualidade do vinho servido. O vinho desta festa acabou. Que vexame! O vinho acabou. Muitos têm experimentado o momento em que o vinho de suas vidas acabou. Acabou a alegria de viver. Tudo ficou sem graça e sem sentido. A vida que era uma festa perdeu a alegria.

Louvor ou bajulação quinta-feira, fev 12 2009 

guia4

Quando Jesus estava saindo de viagem, um homem veio correndo, ajoelhou-se na frente dele e perguntou: —Bom Mestre, o que devo fazer para conseguir a vida eterna? Jesus respondeu: —Por que você me chama de bom? Só Deus é bom, e mais ninguém – Mc 10.17,18

Um homem veio até Jesus com o que parecia serem as atitudes mais corretas possíveis. Ele veio correndo, se ajoelhou, chamou Jesus de Bom Mestre. Aquele moço tinha tudo para receber um elogio do Senhor Jesus. Mas, ao invés disso, Jesus o repreendeu. Isso porque Jesus não viu na atitude daquele homem nada de adoração ou de respeito. Aquele homem na verdade estava com bajulação.

Os pobres de espírito e o espírito de Laodicéia quinta-feira, fev 12 2009 

pobre-maos

Bem-aventurados os pobres de espírito, porque deles é o Reino dos céus – Mt 5.3

Jesus disse que os que são pobres de espírito é que são verdadeiramente felizes. Os pobres de espírito são aqueles que sabem que dependem de Deus. Isto é o contrário daquilo que a igreja de Laodicéia vivia. Lá se dizia: “rico sou e não tenho falta de nada” (Ap 3.17). Este espírito faz com que a pessoa se feche para tudo aquilo que poderia receber, uma vez que se sente abastecido.

(mais…)

A Igreja e a Revolução dos Bichos domingo, fev 8 2009 

revolucao-dos-bichos-01

Esses rebeldes dizem: “Vamos nos livrar do domínio deles; acabemos com o poder que eles têm sobre nós.” Do seu trono lá no céu o Senhor ri e zomba deles. – Sl 2.3,4

A algum tempo li o livro “A Revolução dos Bichos” de George Orwell. Li por indicação de outro autor que fala muito de submissão às autoridades , e inclusive, escreveu um clássico sobre o assunto. Mas neste outro livro o autor nos incentiva a ler “A Revolução dos Bichos” a fim de não cair numa submissão burra, nem lutarmos contra a tirania da forma errada, e nem se deixar corromper pela liberdade. Leia aqui um resumo do livro. Apesar do livro ter sido escrito como uma sátira à revolução russa, é difícil não fazer alguns paralelos com a história da igreja e suas “revoluções”.

(mais…)

Quando o meninão ficar velho sexta-feira, fev 6 2009 

homem_envelhecendo_progressivamente_450

Quando você era moço, você se aprontava e ia para onde queria. Mas eu afirmo a você que isto é verdade: quando for velho, você estenderá as mãos, alguém vai amarrá-las e o levará para onde você não vai querer ir. Ao dizer isso, Jesus estava dando a entender de que modo Pedro ia morrer e assim fazer com que Deus fosse louvado. Então Jesus disse a Pedro: —Venha comigo! Jo 21.18,19 (mais…)

Os que sentarão à mesa no Reino quinta-feira, fev 5 2009 

jesus_centurion

Quando Jesus ouviu isso, ficou muito admirado e disse aos que o seguiam:-Eu afirmo a vocês que isto é verdade: nunca vi tanta fé, nem mesmo entre o povo de Israel! E digo a vocês que muita gente vai chegar do Leste e do Oeste e se sentar à mesa no Reino do Céu com Abraão, Isaque e Jacó. Mas as pessoas que deviam estar no Reino serão jogadas fora, na escuridão. Ali vão chorar e ranger os dentes de desespero – Mt 8.10-12.

Deus quer encontrar fé no meio do seu povo, pois sem fé é impossível agradá-lo. Mas acontece que, muitas vezes, o tipo de fé que Deus quer encontrar no seu povo Ele acaba encontrando em pessoas que não fazem parte da instituição.

O lugar do sal terça-feira, fev 3 2009 

sal

Vocês são o sal para a humanidade; mas, se o sal perde o gosto, deixa de ser sal e não serve para mais nada. É jogado fora e pisado pelas pessoas que passam. Vocês são a luz para o mundo. Não se pode esconder uma cidade construída sobre um monte. Ninguém acende uma lamparina para colocá-la debaixo de um cesto. Pelo contrário, ela é colocada no lugar próprio para que ilumine todos os que estão na casa. Assim também a luz de vocês deve brilhar para que os outros vejam as coisas boas que vocês fazem e louvem o Pai de vocês, que está no céu. – Mt 5.13-16

Jesus falou do poder de influência do seu povo quando estes se encontram na situação desejada por Ele. O Desejo de Deus é que seu povo seja o sal que dá sabor e preserva a humanidade, isto é, através do Seu povo, Deus quer influenciar a humanidade e transformar a mundo.

(mais…)

Próxima Página »