Quem Herdará a Terra quarta-feira, abr 30 2008 

Bem-aventurados os mansos, porque eles herdarão a terra – Mt 5.5

“Os mansos são aqueles que confiam inteiramente em Deus, mais do que em suas próprias forças, para defendê-los contra toda injustiça”.

No pensamento humano, quanto mais manso você for, mais será passado para traz nesta vida. O mundo acha que para se conseguir algo é preciso brigar muito e pisar em quantos for necessário. Mas o Senhor Jesus disse que quem possuirá a terra serão os mansos.

Isaque teve muitos de seus poços entulhados pelos filisteus. Mas, sempre que eles entulhavam um de seus poços, ele simplesmente abria outro. Por fim, o próprio rei dos filisteus veio fazer um trato de paz com Isaque (Gn 26.15-33).
A mansidão sempre nos fará possuir a terra.

Portas Abertas e Amor Fraternal quarta-feira, abr 23 2008 

Ap 3.7-13

Esta igreja e a de Smirna são as únicas que o Senhor Jesus só elogia. Ela é o ideal de Deus. A era Filadélfia é a era do amor e das portas abertas, é a era do reavivamento. O livro de Orlando Boyer, “Heróis da Fé”, nos dá uma idéia da era Filadélfia, uma era em que Deus põe diante da igreja uma porta aberta a qual ninguém pode fechar. Uma era em que multidões se rendem aos pés de Cristo. Esta é a era em que Deus quer seu povo.
Sob o poder do Espírito Santo, o cristianismo continua avançando por terra, mar, ar e através de todos os meios de comunicação. Todos nos maravilhamos com as imagens que o irmão Renhard Bonnke traz da África, de suas reuniões em que chegam a comparecer 500.000 pessoas e grande parte destas se rendem a Cristo. E o irmão David Yong Cho com sua igreja que tem um novo convertido a cada 20 minutos. No Brasil, a cada ano cresce o número daqueles que invocam o nome de Jesus. É claro que ainda há muito trabalho pela frente e que a população do mundo está crescendo, mas, Deus colocou diante de nós uma porta aberta a qual ninguém vai fechar. Em nome de Jesus, estamos na era Filadélfia. Mas, não vamos nos esquecer que a era Filadélfia é marcada não somente pelo avivamento, mas, principalmente pelo amor. Se ela perder o amor, pode até continuar crescendo, mas deixa de ser Filadéfia e entra para a era Laodicéia.

A fé Que Faz Caminhar quinta-feira, abr 10 2008 

Hb 10.38
O justo vive e caminha pela fé em todos os momentos da sua vida. No capítulo seguinte o escritor da epístola aos Hebreus dá uma lista de homens e mulheres que agradaram a Deus porque andaram desta maneira.
Vemos nesta lista, pessoas que experimentaram o sobrenatural em suas vidas como resultado de sua fé em Deus. Mas vamos nos lembrar que o sobrenatural nem sempre é o espetacular. Muitas vezes o sobrenatural estava acontecendo onde parecia que tudo corria naturalmente.
Viver da fé, entre outras coisas, significa acreditar que Deus está agindo mesmo quando nada de espetacular acontece. É ir caminhando mesmo sem estar vendo a coluna de nuvens ou a coluna de fogo e acreditar que Deus está nos guiando para uma terra que ainda não conhecemos.
Existem aqueles que, no momento das decisões, só se mexem quando vêem um sinal dos céus. Imaginam que andar pela fé é não se mexer sem antes ouvir uma voz do céu. Mas, caminhar com fé é, primeiro viver uma vida de constante comunhão com Deus através da oração, do jejum, do meditar na palavra. Uma vez que se tenha uma vida assim, quando as decisões chegarem, com voz ou sem voz, Deus estará nos guiando. Se Ele quiser fazer algo espetacular, Ele o fará.
Quanto a nós, devemos ir caminhando. “Vamos em Frente” (Hb 6.3). A fé que agrada a Deus não é uma fé que paralisa, mas sim uma fé que nos faz caminhar.

Não Deixemos de Congregar quarta-feira, abr 2 2008 

Hb 10.25
Toda pessoa que realmente nasceu de novo tem desejo de estar na companhia de outros irmãos para cultuarem à Deus. Há cristãos que ficam um mês sem vir às reuniões e quando se pergunta do porque disso dizem que estão servindo a Deus em casa mesmo e do seu jeito. Se a pessoa está servindo a Deus do seu jeito já está errada pois só podemos servir a Deus do jeito dele.
No Antigo Testamento havia três festas anuais celebradas em Jerusalém que todo judeu deveria participar independente do quão longe ele morasse (Dt 16.16). Deus fez isto para preservar a unidade do seu povo. Ninguém deveria levantar altares em qualquer lugar que quisesse para ali oferecer seus holocaustos; estes só deveriam ser oferecidos a Deus no lugar de adoração (Dt 12.5,6). Hoje muitos cristãos estão levantando seus altos e altares aonde querem e se esquecem que isso continua sendo abominação à Deus (Dt 12.13,14).
E outra coisa: o melhor da terra e do que eles colhessem só poderia ser comido na casa de Deus (Dt 12.11,12). Isto mostra que apesar de orarmos, lermos a Bíblia e fazermos outras coisas do tipo em casa e sermos abençoados, há uma porção da bênção de Deus que só desfrutamos na companhia de outros irmãos.